PONTOS DE VENDA

PONTOS DE VENDA
PONTOS DE VENDA: União dos Escritores Angolanos; Rede de Supermercados KERO; Tabacaria GRILO (edifício do Mercado de Benguela); Livraria SUCAM, Benguela; Livrarias LELLO, MENSAGEM e na SALA DE EMBARQUE do AEROPORTO INTERNACIONAL 4 DE FEVEREIRO, Luanda

domingo, 7 de julho de 2013

Ministério da Cultura em conselho consultivo. Ministra Rosa Cruz e Silva chegou esta manhã a Benguela

Texto e foto, Jornal de Angola: A análise e debates em torno do “património material e imaterial”, “infraestruturas culturais”, “economia da cultura”, “cultura e comunicação social”, “línguas nacionais”, “investigação” e “formação, ensino e fomento das artes” vão marcar os trabalhos do III conselho consultivo alargado do Ministério da Cultura (Mincult), a realizar-se entre 8 e 10 deste mês em Benguela.

A decorrer sob o lema “Promover a cultura e as artes para a valorização do nosso património histórico e cultural”, o programa inclui ainda “diplomacia cultural”, “programas culturais municipais”, “projectos específicos” e “fenómeno religioso”. O evento vai servir, de acordo com a instituição, para radiografar o sector da Cultura, para o diagnóstico da situação actual, à luz dos pressupostos da Política Cultural Angolana, e perspectivar novos rumos em prol do desenvolvimento cultural de Angola.

Participam no evento membros do Executivo, directores nacionais e provinciais, adidos culturais, investigadores, representantes de associações culturais e artísticas, fundações e especialistas.

1 comentário:

Angola Debates e Ideias- G. Patissa disse...

COMENTÁRIO NO FACEBOOK SOBRE O ASSUNTO:

Isa Isaac Simão Santo: Ok. Pequenas questões? Qual é a parte velha da cidade de Benguela? Irão reconstruir a velha estação do CFB? A análise sobre o nosso património material está maculada para não falar do imaterial, pois os que sabem hoje são "bruxos". Há memória de entrevistas de sobas e seculos sobre os bairros de Benguela? Onde hoje vivo, 500 pessoas visitam por dia exposições com mais de 4 séculos de história. Há crise? Sim, mas dão cerca de 300 kz para entrar. Ao fim do ano, há muito dinheiro para restauração. Como está o nosso MNArqueologia? Essas são p'ra Ministra, mas se o pai puder, pode responder, para meu descanso. Valeu.