PONTOS DE VENDA

PONTOS DE VENDA
PONTOS DE VENDA: União dos Escritores Angolanos; Rede de Supermercados KERO; Tabacaria GRILO (edifício do Mercado de Benguela); Livraria SUCAM, Benguela; Livrarias LELLO, MENSAGEM e na SALA DE EMBARQUE do AEROPORTO INTERNACIONAL 4 DE FEVEREIRO, Luanda

quinta-feira, 26 de maio de 2016

Diário | Assim já queres ofender?

“Oi.”
“Oi.”
“Incomodo? Aqui é o teu amigo virtual “Batejá”. Se calhar não te lembras. Ainda falamos no mês passado. Sempre sigo o teu mural, gosto das tuas publicações, amiga.”
“Podes dizer, “Batejá”. Já nem me lembro. Como não tens foto nenhuma no teu facebook, é um pouco difícil lembrar…”
“Posso-te fazer uma crítica?”
“Podes. É sobre o quê?”
“Não é só contigo, mas acho que as nossas figuras públicas, personalidades assim da intelectualidade, são egoístas…”
“Pode ser. Mas estás a falar de quê?”
“É assim, eu até te acho uma maravilhosa artista plástica.”
“Ah, és apreciador de artes plásticas? Consegues interpretar a representação do mundo e do caos nas minhas expressões artística e semiótica?”
“Não. Nunca vi as tuas obras. Só costumo ouvir que és maravilhosa. Fico muito revoltado quando em situações como o filho da Doutora Felismina, Decana da faculdade Fotografia, que escapou violar a filha da doméstica dela, você não fala nada. Será que não ouviste? Ou a última exposição já te custou a consciência?”
“Ouvi, sim. Mas o que é que tem a mãe a ver com uma violação praticada pelo seu filho já maior de idade? Este ano ainda não emiti uma posição pública sobre violações. Aliás, e no teu mural também, se bem me lembro, não publicaste nada sobre o assunto.”
“Mas é diferente! Você é figura pública, tem mais obrigações de condenar. Falta coragem, isso sim! Na terra dos outros, artista plástica tem que impor a voz.”
“Sinto muito, pois até agora não preciso de autorização e ainda só publico de acordo com a minha consciência. Quando tenho de criticar, faço-o; não espero ordens.”
“Wô! Assim já queres ofender? Onde é que já se viu uma artista que só critica de vez em quando? Tenha mais é coragem, pá!”
“Mas tu é que andas no facebook sem cara nem nome nem morada, tens identidade completamente anónima, e eu é que tenho a falta de coragem?!”
Gociante Patissa. Benguela, 26 Maio 2016
www.angodebates.blogspot.com

Sem comentários: