PONTOS DE VENDA

PONTOS DE VENDA
PONTOS DE VENDA: União dos Escritores Angolanos; Rede de Supermercados KERO; Tabacaria GRILO (edifício do Mercado de Benguela); Livraria SUCAM, Benguela; Livrarias LELLO, MENSAGEM e na SALA DE EMBARQUE do AEROPORTO INTERNACIONAL 4 DE FEVEREIRO, Luanda

domingo, 21 de fevereiro de 2016

A dupla surpresa do Lenguito

Ligou-me ontem o homem a dizer que tinha algo para me entregar. Como me tratou pelo nome de Daniel, ainda fui a tempo de perguntar se não se tinha enganado no número, pois não esperava receber nada dele. Combinamos que iria ter com ele logo que terminasse o meu horário laboral. Noutra ocasião, nada me seguraria de vontade de saber do que se tratava, mas com a idade, a gente aprende a gerir a ansiedade e a curiosidade. Não é que o "malandro" do Arnaldo Samulingua Mussolovela Sandambi resolveu pregar-me uma dupla surpresa? Primeiro, porque o conhecia artista do ramo da música (RAP) só. A segunda, porque entendeu fazer-me homenagem reproduzindo a lápis e carvão aquela que é talvez a mais pessoal das fotos do meu passado, que reporta o período em que fui pedir emprego a uma Foto precária do meu bairro, em 1993, aos 15 anos, como aprendiz, para poder custear os estudos da 7.ª Classe, numa escola que distava pelo menos 5 km a pé de casa. O Lenguito, como também é conhecido o desenhador, para além de ter sido colega do Curso de Linguística/Inglês na Universidade e de nos ter emprestado a vestimenta para defesa da tese de licenciatura, é também meu familiar pela parte materna, pelo parentesco com Gociante Kapiñalã, meu avô, da Ganda. Wayaka, a manji!, ou seja, bravo, irmão!

Sem comentários: