sábado, 10 de março de 2018

Guardanapo de papel

Já cansado
o velho bar
fecha-se ao pó 
fértil
da esquina
qual navio atracado
para nova largada.


Do mar de verão
vem pujante a brisa
traçando cordão
na esquina
monumental
do cine.

Estátua e gente
parece tudo de madeira
pela porta entreaberta
vê-se que algo voa
bem rente
mas ninguém vai dizer
se é saia
ou guardanapo de papel.
___________
(*) Gociante Patissa, in «Guardanapo de Papel», 2014, pág. 22. NósSomos. Vila Nova de Cerveira, Portugal
(**) Idem, in «Almas de Porcelana», 2016. Editora Penalux. São Paulo. Brasil
Share:

0 Deixe o seu comentário:

Vídeo | Gociante Patissa, escritor na 2ª FLIPELÔ 2018, Bahia. Entrevista pelo poeta Salgado Maranhão

Vídeo | Sexto Sentido TV Zimbo com o escritor Gociante Patissa, 2015

Vídeo | Gociante Patissa fala Umbundu no final da entrevista à TV Zimbo programa Fair Play 2014

Vídeo | Entrevista no programa Hora Quente, TPA2, com o escritor Gociante Patissa

Vídeo | Lançamento do livro A ÚLTIMA OUVINTE,2010

Vídeo | Gociante Patissa entrevistado pela TPA sobre Consulado do Vazio, 2009

Publicações arquivadas