PONTOS DE VENDA

PONTOS DE VENDA
PONTOS DE VENDA: União dos Escritores Angolanos; Rede de Supermercados KERO; Tabacaria GRILO (edifício do Mercado de Benguela); Livraria SUCAM, Benguela; Livrarias LELLO, MENSAGEM e na SALA DE EMBARQUE do AEROPORTO INTERNACIONAL 4 DE FEVEREIRO, Luanda

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Homenagem: Artista plástico Délio Batista lembrado por Isidro Sanene, seu ex-aluno

Isidro Sanene (esq) e Délio Batista, arquivo GP
"Délio Baptista, ou mestre Délio como é chamado pelos do Núcleo de Jovens Pintores, inclusive para mim, foi um artista aberto e tinha um senso critico bem apurado em relação às artes plásticas. Como pessoa, conheci apenas a humanidade dele. Como pintor mostrou-me o significado da arte metafisica, o reconhecimento e a recolha de símbolos que enobrecem uma obra de arte, herdei dele a pesquisa e o dançar com as cores, aprendi que uma obra de arte tem o mesmo valor que uma vida. Uma vez, quando fui a casa dele pegar um cavalete emprestado, contou-me um mistério, e esse mistério consistia no que chamaria a psicanalítica quântica do verdadeiro artista plástico. Tenho frescas lembranças dele quando pinto, com ele aprendi que a arte não se resume apenas no belo senão em formas abstratas que pernoitam em nossas mentes. Foi um cientista silencioso! Não falo isso porque ele conscientemente não está entre nós, mas sim porque várias vezes o consultei e o apreciei. Aprendi com ele o que nenhuma universidade de artes visuais do mundo ensina, nem ele mesmo foi puramente autêntico no que me ensinou. queria tanto poder dizer a ele que me encontrei..."

Isidro Sanene, artista plástico angolano actualmente na diáspora, 29/07/2014

Sem comentários: