PONTOS DE VENDA

PONTOS DE VENDA
PONTOS DE VENDA: União dos Escritores Angolanos; Rede de Supermercados KERO; Tabacaria GRILO (edifício do Mercado de Benguela); Livraria SUCAM, Benguela; Livrarias LELLO, MENSAGEM e na SALA DE EMBARQUE do AEROPORTO INTERNACIONAL 4 DE FEVEREIRO, Luanda

sábado, 23 de maio de 2015

Sobre teatro e cidadania | Festival São Filipe Benguela-2015 encerra amanhã

(Texto e fotos: Gociante Patissa)

A associação provincial de teatro de Benguela (Aproteb) leva a cabo desde quinta-feira última, 21/05, o "Festeatro São Filipe Benguela-2015", que inscreve no seu programa de actividades a exibição de peças teatrais nas cidades de Lobito, Catumbela e Benguela, bem como a capacitação de actores, com o teatro ao serviço do exercício da cidadania.

O evento fecha as portas no domingo, 24/05, no Cine Monumental, estando em cartaz "A Victória", do grupo Bismas, "Adeus à Hora da Largada", do grupo Horizonte D'Artes, e "Amor à Primeira Voz", do grupo Protevida.

Falando em exclusivo ao Blog Angodebates a propósito do tema do "Festeatro", o responsável da Associação Provincial de Teatro de Benguela, Esteves Quina, qualificou de "muito forte" a relação entre o teatro e a cidadania. 

"Porque em todas as peças que escrevemos e montamos, o objectivo é mesmo alertar os cidadãos sobre os fenómenos que estão a acontecer. E sobretudo porque o nosso principal alvo é mesmo o cidadão, os aspectos culturais que se vão perdendo", afiançou o também actor do Colectivo de Artes Ombaka, para de seguida acrescentar: "O grupo do Bié, por exemplo, trouxe o realce da essência do papel das autoridades tradicionais".

Esteves Quina mostrou-se satisfeito pela adesão do público, com uma média de 300 assistentes só nos dois primeiros dias. Revelou ainda que as entradas deixaram de ser grátis nesta altura, passando para "um preço simbólico de 500 kwanzas", de modo a colmatar pequenas lacunas logísticas, "uma vez que vieram grupos convidados de Luanda (Protevida) e Bié (Omãlã vetu veya)." Outros grupos intervenientes são: Tweya, Tcha kwokwo, Monumental Teatro e Bem-Amados.

O "Festeatro São Filipe Benguela-2015" marca também o fim do ciclo de um projecto da Aproteb que durante seis meses contou com o financiamento da Adra, ONG angolana, através da linha da União Europeia que visa o reforço de capacidades do sector não estatal.
Benguela, 23.05.15

Sem comentários: