PONTOS DE VENDA

PONTOS DE VENDA
PONTOS DE VENDA: União dos Escritores Angolanos; Rede de Supermercados KERO; Tabacaria GRILO (edifício do Mercado de Benguela); Livraria SUCAM, Benguela; Livrarias LELLO, MENSAGEM e na SALA DE EMBARQUE do AEROPORTO INTERNACIONAL 4 DE FEVEREIRO, Luanda

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Diário| VINTE MENOS UM

Já há muito andava tomada a decisão: passar pela livraria e, discretamente, comprar todos os exemplares em stock, colocando assim um ponto final ao depósito por consignação. Uma viagem na livraria acaba sempre em mergulho no infinito, pelo que acabei comprando pelo menos cinco títulos, entre ensaios literários de Kandjimbo e outros na vertente criativa. Quando me pronuncio ao que vinha, diz-me a atendedora que já só restava um dos vinte. Quer dizer, ficava sem efeito o plano de recolher os exemplares do «Consulado do Vazio», capa de Délio Batista, o livro de poesia com que me estreei em Maio de 2008, à venda nestes seis anos ao preço de quinhentos kwanzas na livraria SUCAM, Benguela.

Sem comentários: