PONTOS DE VENDA

PONTOS DE VENDA
PONTOS DE VENDA: União dos Escritores Angolanos; Rede de Supermercados KERO; Tabacaria GRILO (edifício do Mercado de Benguela); Livraria SUCAM, Benguela; Livrarias LELLO, MENSAGEM e na SALA DE EMBARQUE do AEROPORTO INTERNACIONAL 4 DE FEVEREIRO, Luanda

segunda-feira, 20 de abril de 2015

Em Benguela | Aberta feira para saudar o Dia Mundial do Livro

Graciano Catumbela (esq.) e expositora
Cerca de mil títulos estão a ser comercializados a partir de hoje no Largo D’África, na cidade de Benguela, onde decorre a feira por ocasião do Dia Mundial do Livro, que se comemora no próximo dia 23 de Abril. Sob organização do Movimento Shalom, ligado à igreja Católica, em colaboração com a Direcção Provincial da Cultura, o evento tem a duração de três dias e aproxima livrarias locais e o público leitor, variando os preços entre os quinhentos e os 10 mil kwanzas.

Fundado na Itália em 1974, o Movimento Shalom abriu a sua representação na província de Benguela em 2010. O incentivo aos hábitos de leitura faz parte das suas linhas de acção, a par do evangelho, do compromisso com a promoção da educação e o fortalecimento de princípios morais na sociedade, segundo revelou o responsável da Organização, Graciano Catumbela.
  
«Eu, como estou a seguir medicina natural, estou sempre atento, procuro comprar livros da minha área quando há uma feira», contou-nos um cidadão que preferiu ser tratado apenas por Paulo.

Instituído pela UNESCO em 1996, o Dia Mundial do Livro, 23 de Abril, tem a sua essência no facto de coincidir com a data de falecimento de grandes nomes da literatura mundial, entre os quais Cervantes e Shakespeare. Conta-se ainda que a efeméride teve origem na Catalunha, Espanha onde, neste dia dedicado a São Jorge, uma rosa é oferecida a quem comprar um livro.
Gociante Patissa, Benguela 20.04.15

Sem comentários: