PONTOS DE VENDA

PONTOS DE VENDA
PONTOS DE VENDA: União dos Escritores Angolanos; Rede de Supermercados KERO; Tabacaria GRILO (edifício do Mercado de Benguela); Livraria SUCAM, Benguela; Livrarias LELLO, MENSAGEM e na SALA DE EMBARQUE do AEROPORTO INTERNACIONAL 4 DE FEVEREIRO, Luanda

quinta-feira, 13 de março de 2014

Literatura nacional debatida em Roma

Texto e foto-Jornal de Angola (13/03/14): Um Colóquio Internacional denominado “Literatura Angolana Hoje” realiza-se de 23 a 25 deste mês, na capital italiana, numa iniciativa conjunta da  União dos Escritores Angolanos (UEA) e a Universitá Degli Studi Roma Tre.

O colóquio internacional propõe ser uma ocasião de debate entre figuras do meio cultural angolano e o mundo académico italiano que, desde sempre, se tem dedicado com muito interesse ao estudo da literatura e da cultura angolana.

Entre os participantes no colóquio, destacam-se as presenças do Embaixador de Angola em Itália, Florêncio Mariano da Conceição de Almeida, o secretário-geral da UEA, Carmo Neto, o escritor José Luís Mendonça e o docente universitário de Literatura António Quino.


Na iniciativa, Carmo Neto vai dissertar sobre “Literatura angolana aos olhos da União dos Escritores Angolanos”, enquanto José Luís Mendonça e António Quino vão falar da “Literatura, nação e história” e “Faces da prosa narrativa angolana”.

Pela Itália, vão estar quatro entidades de renome no meio académico, designadamente Giorgio de Marchis (Università Roma Tre), Simone Celani (Sapienza Università di Roma), Mariagrazia Russo (Università della Tuscia Viterbo) e Francesco Genovesi (Università Roma Tre).

O colóquio vai contar, ainda, com a presença do catedrático Mario Panizza, Reitor da Universidade de Roma Tre, que vai presidir à sessão de abertura, e Giuseppe Grilli, Director do Departamento de Línguas, Literaturas e Culturas Estrangeiras.

Além das palestras proferidas pelos convidados, o colóquio vai ser também ocasião para lançar a edição italiana da antologia do conto angolano “Balada dos Homens que Sonham” (Ballata dei sognatori. Breve antologia del racconto angolano - Roma, 2014), organizada por António Quino, integrando 14 contistas nacionais que espelham nos seus textos vivências, contextos e referências de Angola dos últimos 30 anos. A referida obra, encomendada pela UEA para num único caderno promover vários autores, foi já traduzida em hebraico e espanhol.



À margem do colóquio, um protocolo de cooperação vai ser celebrado entre a UEA e a Universitá Degli Studi Roma Tre, que vai permitir, entre outros, criar a Cátedra “Agostinho Neto” numa universidade italiana, instituição que vai dedicar-se integralmente ao ensino da Literatura e da Cultura de Angola. Estão ainda previstos outros protocolos de cooperação entre o Departamento de Línguas, Literaturas e Culturas Estrangeiras, a União dos Escritores Angolanos e a Fundação “Agostinho Neto”.




O ensino da língua, da literatura e da cultura angolana na Universidade de Roma Tre vai será reforçado graças a esses protocolos que, entre outras coisas, vão levar à constituição da Cátedra “Agostinho Neto” que, pela primeira vez numa universidade italiana, vai ser integralmente dedicada ao ensino da Literatura e da Cultura de Angola.

Sem comentários: