PONTOS DE VENDA

PONTOS DE VENDA
PONTOS DE VENDA: União dos Escritores Angolanos; Rede de Supermercados KERO; Tabacaria GRILO (edifício do Mercado de Benguela); Livraria SUCAM, Benguela; Livrarias LELLO, MENSAGEM e na SALA DE EMBARQUE do AEROPORTO INTERNACIONAL 4 DE FEVEREIRO, Luanda

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Diário | Mas o doutor é assim à toa porquê?

“Doutor! O doutor vai-me desculpar, mas o doutor às vezes só me dá raiva a vida do doutor. Olha só mesmo!… O doutor afinal vai-se respeitar mesmo quando, ó minha vida?!”
“O que foi, filho?”
“Assim mesmo é verdade, hã?, um doutor fica mesmo a andar ali de baixo para cima, cheio de suor, camisa de mangas compridas, calças de lã, parece vem do congelador? Custa mesmo ter só um pouquinho de estilo no grife?”
“Bem…”
“Mas ó doutor, faz favor! O estudo te levou mesmo a estudar até não se dar valor? Já viste os outros médicos como aparecem, hã? Carro perfumado, pele fina tipo de branco. Aquilo até, você mesmo já de longe percebe que, sim senhor!, o filho alheio estudou... Em casa, garrafeira não vale apena!, grandes mobílias; não é o doutor, que só tem uma secretária e cadeiras de plástico em casa. Porque condições sempre vos deram, governo é filho alheio! Agora você fica aí a se misturar com gente a cheirar a sovaco. Eu se fosse doutor como você, juro mesmo!, você ia ver só. Vida lixada, grandas damas!”
“Quer dizer…”
“Doutor, olha só. O governo te deu carro, ze-ri-nho da fábrica, mas você oferece o carro a um sobrinho… para andar mesmo a pé… Isso é vontade mesmo de se fazer sofrer? Mas o doutor afinal é assim à toa porquê?”
“Mas se eu te perguntar se és aleijado da perna porquê, tu vais-me responder como?”
www.angodebates.blogspot.com
Gociante Patissa (adaptação). Lobito, 26.08.2016

Sem comentários: