sábado, 1 de fevereiro de 2020

Crónica | OMS ADVERTE, EMOJI AMARELO TRANSMITE CORONA VÍRUS

Image result for oms corona virus"Quando há 15 anos Angola e a República Democrática do Congo (RDC) foram assoladas pelo surto do vírus de Marburg (responsável por um vendaval de óbitos), repudiamos a "insinuação ocidental" segundo a qual a doença resultava dos hábitos alimentares dos africanos, especificamente do comer carne de macaco (racismo, exotismo!).

As províncias do norte de Angola foram na época as mais abaladas, dada a sua localização fronteiriça com a RDC. A realidade da resposta sanitária local, contrária à vontade e ao optimistmo das autoridades, é sempre frágil no começo, por se tratar de epidemias esporádicas. Nestes casos, surgem sempre em quantidades enormes as receitas alternativas de tratamento caseiro, para os bem-intencionados primeiros socorros, arraigados no legado da cura pela natureza, algumas vezes de si uma perda de de tempo.

Recordo que se falou de uma província onde muitos doentes acabaram por sucumbir por falta de creolina, desinfectante que entretanto a província tinha em armazém. E por lá continuaram por muito mais tempo confinadas as unidades de creolina, quando mais se precisava delas para salvar vidas. Tudo pela simples, diremos pueril, razão de o Director Provincial da Saúde e o Director do Hospital não se suportarem no ego e no feitio. Enfim, hoje a PGR se calhar teria algo a dizer.
E quis a história que 2020 abrisse com catástrofe para a China e por arrasto para o restante globo. O carrasco responde pelo nome combinado de corona vírus. Valha-nos a "sorte" de ter havido em Angola apenas um caso de suspeita de infecção, entretanto já descartada, com a anunciada alta do oriental que andou sob os cuidados médicos na Clínica Girassol.

Ainda assim, é com certa reserva que noto que hoje já, perante o corona vírus, lá estamos, do alto da curta memória, nós os angolanos, a engrossar o coro: 'esses chineses quem lhes manda comer carne de morcego e tudo o que se move?!' (Oh, pensar assim já não é racismo, exotismo?!) Em face do pânico e do desdém pelo chinês, receio que alguns vão deixar de usar emojis amarelos, só para garantir... Daí a evocar a OMS (Organização Mundial da Saúde) para credibilizar a fake, difícil não será.

Só para que conste, por acaso até não sou favorável à presença chinesa em Angola (a preferir, eu preferia, sem sair do continente asiático, os japoneses). É de modo geral um povo com cujo contacto não ganhamos quase nada (nem no intercâmbio cultural nem em valores nem em transferência de know-how, nada. Eles dão e levam literalmente tudo de volta). Julgo mesmo que o crédito chinês, que terá sido indispensável no momento particular da nossa história, é uma penhora da qual nos iremos arrepender amarga e prolongadamente.

Gociante Patissa | 01 Fevereiro 2020 | www.angodebates.blogspot.com (imagem ilustrativa: youtube)
Share:

0 Deixe o seu comentário:

TV-ANGODEBATES

Escritor angolano GOCIANTE PATISSA entrevistado em língua UMBUNDU na TV estatal 2019

Escritor angolano Gociante Patissa sobre AUTARQUIAS em língua Umbundu, TPA 2019

Escritor angolano Gociante Patissa sobre O VALOR DO PROVÉRBIO em língua Umbundu, TPA 2019

Lançamento Luanda O HOMEM QUE PLANTAVA AVES, livro contos Gociante Patissa, Embaixada Portugal2019

Voz da América: Angola do oportunismo’’ e riqueza do campo retratadas em livro de contos

Lançamento em Benguela livro O HOMEM QUE PLANTAVA AVES de Gociante Patissa TPA 2018

Vídeo | escritor Gociante Patissa na 2ª FLIPELÓ 2018, Brasil. Entrevista pelo poeta Salgado Maranhão

Vídeo | Sexto Sentido TV Zimbo com o escritor Gociante Patissa, 2015

Vídeo | Gociante Patissa fala Umbundu no final da entrevista à TV Zimbo programa Fair Play 2014

Vídeo | Entrevista no programa Hora Quente, TPA2, com o escritor Gociante Patissa

Vídeo | Lançamento do livro A ÚLTIMA OUVINTE,2010

Vídeo | Gociante Patissa entrevistado pela TPA sobre Consulado do Vazio, 2009

Publicações arquivadas