PONTOS DE VENDA

PONTOS DE VENDA
PONTOS DE VENDA: União dos Escritores Angolanos; Rede de Supermercados KERO; Tabacaria GRILO (edifício do Mercado de Benguela); Livraria SUCAM, Benguela; Livrarias LELLO, MENSAGEM e na SALA DE EMBARQUE do AEROPORTO INTERNACIONAL 4 DE FEVEREIRO, Luanda

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

A lenda do outro e o leão (*)

Imagem Jornal 4 cantos (Brasil)
Vivia um homem numa aldeia que, igual aos demais, costumava ir fazer as suas necessidades nos arbustos ao cair da tarde. Num destes dias, gritou: socorro! Socorro! Os aldeões surgiram armados para aniquilar o anunciado não. E o homem, sorrindo, disse: estive a brincar, era só para saber se podia contar convosco. Obrigado. Repetiu isso mais umas duas vezes, até que chegou o dia em que se ouviu dele um grito, também a anunciar que estava a ser atacado pelo leão, mas os aldeões ficaram quietos e continuaram nos seus afazeres, pois podia muito bem ser brincadeira. Por ironia, nesse dia era tratou-se mesmo do leão, pelo que o bicho deu cabo do brincalhão. Moral da estória: por conta do leitor e da leitora. (Adaptado de autor desconhecido)

Sem comentários: