PONTOS DE VENDA

PONTOS DE VENDA
PONTOS DE VENDA: União dos Escritores Angolanos; Rede de Supermercados KERO; Tabacaria GRILO (edifício do Mercado de Benguela); Livraria SUCAM, Benguela; Livrarias LELLO, MENSAGEM e na SALA DE EMBARQUE do AEROPORTO INTERNACIONAL 4 DE FEVEREIRO, Luanda

sábado, 1 de julho de 2017

Divagações | O kota J.J. ou o remédio que a OMS desperdiçou

Homem do século em Angola mesmo é o kota JJ, estou-te a falar! O kota um dia foi dormir e ao acordar, pahm! Os ancestrais lhe revelaram uma certeza, a de ter um pénis com propriedades medicinais. Pintava nos sonhos das clientes a garantia do sucesso na profissão do namoro moderno. Quer fisgar homem com posses e fazer delas transmissíveis sexualmente, JJ era a farmácia. Aí as damas no medicamento do kota JJ, é só atender tipo faca quente na manteiga. O medicamento era um pó que devia ser alocado no canal íntimo da cliente, mas não havia problema, pois o veio do mestre estava ali para introduções, desenvolvimentos e conclusões à velocidade de culatra. Até pensávamos já que a OMS ainda não perdia nada replicando a cura social contra a pobreza congénita, mas a ONU é tão lenta, tão lenta que não foi a tempo. Mas os tios lá da polícia e da justiça, com inveja do outro, só pode, até porque a fama que saía das virilhas do kota JJ não era pouca... pronto, lhe receitaram à força 22 anos de cadeia. O problema é só já se o kota decidir tratar os colegas de prisão, agora é que haverá um rico por cada centímetro quadrado. Mba ainda era só isso. Obrigado
www.angodebates.blogspot.com

Sem comentários: