PONTOS DE VENDA

PONTOS DE VENDA
PONTOS DE VENDA: União dos Escritores Angolanos; Rede de Supermercados KERO; Tabacaria GRILO (edifício do Mercado de Benguela); Livraria SUCAM, Benguela; Livrarias LELLO, MENSAGEM e na SALA DE EMBARQUE do AEROPORTO INTERNACIONAL 4 DE FEVEREIRO, Luanda

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Piratas cibernéticos e falta de apoios ameaçam projecto informativo | PORTAL PÉROLA DAS ACÁCIAS RECUPERA DE MAIS UM ATAQUE

O portal Pérola das Acácias foi lançado há dois anos, com hospedagem online no endereço www.peroladasacacias.net . Assume-se como veículo generalista de informação alternativa, tendo a província de Benguela em primeiro plano e depois o país e o resto do mundo. Na semana passada, leitores do portal estiveram privados do seu serviço. Foram quatro dias com o site fora do ar. Na verdade, este não foi o primeiro “apagão”. O blog Angodebates manteve uma breve conversa com o gestor técnico do portal Pérolas, o jornalista Horácio dos Reis, que conta na iniciativa arrojada com a parceria do também jornalista João Marcos.

Angodebates: Quais foram as razões da queda e que prejuízos, se é que há, a registar?

Horácio dos Reis (HR): Primeiro, razões técnicas. Fomos fortemente atacados. o ataque provocou sérios danos à estrutura anterior e na base de dados. Facilitou o ataque a falta de pagamento de alguns serviços de protecção, o que fragilizou ainda mais o nosso sistema de segurança. Criou-se uma nova estrutura e agora estamos no ar, mas a maka financeira continua. Porque mesmo tendo uma audiência na ordem dos 100 mil acessos diários, estamos sem publicidade.

Angodebates: Por quantos dias esteve o portal fora do ar?

HR: Foram quase quatro dias.

Angodebates: Quais são os principais desafios do projecto?
HR: O grande problema nessa altura é financeiro. Não se consegue sustentar em termos técnicos e remunerar o pessoal, daí que não temos jornalistas efectivos. Os milagres técnicos são todos feitos por mim. Se não tivesse uma formação nessa área, já era...

Angodebates: Quem sustenta o site?

HR: O site é financeiramente assegurado por benfeitores do próprio projecto, o João Marcos e eu.

Angodebates: Quando foi lançado o Pérolas?

HR: Estamos a caminho do segundo ano. Em termos de publicação de notícias começamos em outubro de 2015, mas criamos o projecto em Maio do mesmo ano.

Angodebates: Que avaliação faz do projecto e seu impacto?

HR: Grande impacto, é só olharmos nos números de acessos...estamos no site com mais 100 mil visualizações por dia, quase 60 mil gostos na página.
Gociante Patissa, Benguela, 26.05.2017
www.angodebates.blogspot.com

Sem comentários: