PONTOS DE VENDA

PONTOS DE VENDA
PONTOS DE VENDA: União dos Escritores Angolanos; Rede de Supermercados KERO; Tabacaria GRILO (edifício do Mercado de Benguela); Livraria SUCAM, Benguela; Livrarias LELLO, MENSAGEM e na SALA DE EMBARQUE do AEROPORTO INTERNACIONAL 4 DE FEVEREIRO, Luanda

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Just a question | Um eterno incompreedido ou um auto-tramado Tramagal?

Ouvi ontem pela imprensa a notícia da saída (demissão, afastamento, chicotada psicológica ou como convier chamar) do treinador Agostinho Tramagal, antes mesmo do jogo de estreia no club JGM do Huambo. A matéria não fazia referência às causas do corte do vínculo contratual, o que nestes casos só concorre para especulações sobre um eventual mal estar entre o clube de futebol e o treinador. Consta que será uma ruptura conflituosa (mais uma). Porque um treinador desportivo é uma figura pública, se calhar seria útil para questões de compreensão da história do nosso futebol olhar para o fenómeno das saídas bruscas a meio das missões no campeonato angolano da primeira divisão, vulgo "girabola". E como na falta de informações mais plausíveis o cidadão não sabe exactamente em que lado depositar a sua solidariedade, se ao clube ou se ao treinador "expelido", fiquemos pela dúvida que pergunta, considerando que num passado recente o mesmo Agostinho Tramagal abandonou em ambiente tenso o clube lobitanga Académica Petróleos e, seguidamente, também saiu em clima de tumulto do comando técnico da Académica do Soyo. Será o conterra um eterno incompreedido ou um auto-tramado Tramagal?
www.angodebates.blogspot.com

Sem comentários: