PONTOS DE VENDA

PONTOS DE VENDA
PONTOS DE VENDA: União dos Escritores Angolanos; Rede de Supermercados KERO; Tabacaria GRILO (edifício do Mercado de Benguela); Livraria SUCAM, Benguela; Livrarias LELLO, MENSAGEM e na SALA DE EMBARQUE do AEROPORTO INTERNACIONAL 4 DE FEVEREIRO, Luanda

domingo, 18 de dezembro de 2016

Crónica | O APITO QUE NÃO SE OUVIU (*)

Morreu o Kalú, da maneira mais trágica e ao mesmo tempo digna. Soa irónico falar em morte digna, se tivermos em conta o abismo de uma precipitada partida. Daí que seja normal nos indagarmos se as mortes dignas não podiam ao menos aprender a ser generosas também, a ponto de devolver o ente querido aos seus, como seria justo.

Graciano António Canhama Sousa, o Kalú, deixava à vista de todos uma postura de orgulho pelo seu emprego. Apito à boca, estrada, caos e sol. Era agente de trânsito, função a que emprestava — e digo como quem o conheceu desde garoto — o dinamismo de aprendiz de mecânico de motorizadas na oficina de um seu parente de nome Karuta, bem como a visão periférica afinada na infinidade estatística das partidas de futebol no pelado, lá no bairro da Santa-Cruz.

Já liberto da farda, Kalú fazia-se o «Lebo-lebo» da malta, no chão que um dia foi talhão de cana da açucareira 1.º de Maio, lá onde o Lobito se perde na Katombela. Estatura média, aspecto bem nutrido. É neto de Tchikulo, oriundo do município do Balombo, um dos primeiros a ter uma moageira na banda.

Chamado a atender um cenário de acidente na zona da Baía do Santo António, no passado dia vinte e oito de Outubro, fez-se ao local para as medições e demais perícia, protegido pela sinalização reflectora dos cones e pelo bom-senso dos utentes da via que leva à vila piscatória da Baía Farta. O vazamento de gasóleo decorrente do embate entre as viaturas sinistradas aconselhava para aquele perímetro a mais prudente das velocidades, facilitando em certa medida o trabalho dos Serviços de Protecção Civil e Bombeiros, que cuidavam da lavagem do piso. São aproximadamente vinte e duas horas, fora das localidades. O que vem a seguir é a polícia que tem a coragem de contar, que em mim já pouca força resta:

No cumprimento de mais uma missão, depois de o agente ter fixado cones, foi surpreendido por uma viatura de Toyota Dina, cor creme, matrícula LBC-18-93, vindo do Sul para o Norte que, aproximando-se ao local da ocorrência, com velocidade excessiva, desobedecendo ao sinal ali fixado, se apercebeu do perigo. E na tentativa de frear a viatura, desviou-se para o lado direito, atropelando mortalmente o Agente de Trânsito, projetando-o para o veículo ora envolvido no acidente.

Aos vinte e sete anos de idade, o Kalú frequentava o segundo ano do curso de Direito na Universidade Jean Piaget, provavelmente perspectivando já uma carreira na corporação, efectivo que era do Comando Provincial da Polícia Nacional há coisa de cinco anos, com última colocação na Unidade de Trânsito de Benguela.

Ironicamente, acabou engolido pelo monstro da sinistralidade rodoviária, quando se encontrava justamente a dar o seu melhor para combatê-la a pedido da pátria. Oh, amigo meu de infância, embora eu tenha alguns anitos mais do que ele, no bairro da Santa-Cruz, onde morei entre 1987 e 2008. Sempre que nossos caminhos se quisessem cruzar, não fazia outra coisa, senão tratar-me por um silabado pronunciamento do meu nome completo, seguindo-se um elegante gesto de mão à pala.

Kalú foi a enterrar [2013]. Todos o sabiam, e foram ter com ele, menos eu que passei o dia enfiado num aeroporto e com o telemóvel inoperante. Paz à sua jovem alma, coragem à viúva e aos dois filhos que deixa. Foi-se o agente de trânsito, inerte ficou o apito, que não mais se ouviu.

Gociante Patissa, Benguela, 11 Dezembro 2015. In «O Apito Que Não Se Ouviu», 2015. Pág. 95-96. União dos Escritores Angolanos. 1.ª Edição. Luanda, Angola. Colecção: «Sete Egos»
_________

(*) livro de crónicas disponível na Livraria Sucam e na Tabacaria Grilo, em Benguela, ou na sede da União dos Escritores Angolanos, em Luanda, sita no Largo das Escolas. Mil kwanzas o exemplar

Sem comentários: