PONTOS DE VENDA

PONTOS DE VENDA
PONTOS DE VENDA: União dos Escritores Angolanos; Rede de Supermercados KERO; Tabacaria GRILO (edifício do Mercado de Benguela); Livraria SUCAM, Benguela; Livrarias LELLO, MENSAGEM e na SALA DE EMBARQUE do AEROPORTO INTERNACIONAL 4 DE FEVEREIRO, Luanda

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Divagações | Mais holofotes do que melodia

Com o devido respeito à diferença de gostos, começo a suspeitar da verdadeira agenda motivadora da imprensa cor-de-rosa angolana em impor tanto Titica na classe do canto. Já não discutiria por exemplo se lhe enquadrassem na categoria da dança. Será que de cultura geral os editores voam assim tão baixinho? Também, numa sociedade que endeusa insólitos vocais como Nagrelha, Gasolines e afins, enquanto verdadeiros astros e vultos minguam na sombra, nada mais devia surpreender. Mas no caso Titica, figura que volta e meia impõem ao focinho da sociedade como Diva sem ter conseguido uma única entoação genuína e digna de realce, o melhor se calhar seria destrinçar quando é que a pauta é musical e quando é que versa sobre a orientação sexual. E já acostumados a falar em nome do povo angolano por tudo e por nada, li em tempos num portal também cor-de-rosa uma referência ao facto de musicalmente gozar do carinho e admiração de todo o país. Da mesma geração há nomes com potencial vocal de aplaudir ao primeiro toque, como os casos de Edmásia e Puto Português, para só citar estes. O pior é que de tanto que se repete, qualquer dia Titica passa a acreditar na mentira de ser um diamante na arte de cantar. É que é muito holofote junto para tão pouca melodia.
Gociante Patissa. Benguela, 24 Agosto 2016

Sem comentários: