PONTOS DE VENDA

PONTOS DE VENDA
PONTOS DE VENDA: União dos Escritores Angolanos; Rede de Supermercados KERO; Tabacaria GRILO (edifício do Mercado de Benguela); Livraria SUCAM, Benguela; Livrarias LELLO, MENSAGEM e na SALA DE EMBARQUE do AEROPORTO INTERNACIONAL 4 DE FEVEREIRO, Luanda

terça-feira, 30 de agosto de 2016

(arquivo) Diário | Não têem sentido de humor?

“Senhor motorista, guarda ainda os teus documentos!”
“Está bem, chefe.”
“Vocês ali na carroçaria, tudo que é homem, já no chão e com BI na mão!”
“Ó filho, eu já tem já 60, o teu irmão 45. Também desce?”
“O que conta é idade fértil. Fora isso, tudo que não está de saia sai-me já da carrinha!”
“Ora vejamos… O que é que levam aqui… Ei, mais-velho! Esses dois sacos de milho tem quê?”
“Milho, filho.”
“Milho?! Está onde a factura?”
“Milho da lavra. Sai do Muhaningo, no Ndombe Grande, Baía Farta é só caminho. Temos óbito no Lobito, é para fazer la ainda fuba.”
“Qual é o documento que diz que o milho saiu da tua lavra?”
“Documento é enxada, filho, não passeia na viagem. Milho do PAM [Programa Alimentar Mundial] é seco; este ainda é ‘citiva’ [semi-seco].”
“Vocês pensam que é brincadeira governar, não?! Este ano [1996], o governo e os seus parceiros sociais não dormem, só para ver se acabam de vez com a penúria. E os camaradas ficam a fazer escaramuças com as doações?”
“Vai ainda no teu primo Jaime.”
“Sim, pai.”
“Xé! Você vai aonde? Ó mais-velho, onde está a ir o teu filho?”
“Vai só aqui perto no vosso colega Jaime?”
“O Jaime de onde?”
“Aqui só falar com primo dele, vosso companheiro só da seculança…”
“Vai fazer lá quê, se o intendente Jaime a esta hora está ocupado no que tange ao trabalho?! Mas, ó senhor! Você é precipitado, não? Volta cá mais é, aqui! Isso até já estava no fim. Será que vocês, com essa idade toda, não têm sentido de humor?”
“Pronto…”
“O paizinho não tem só assim um quinhentos kwanzas para o teu filho de braçal comer só um pão seco?”
“Ó filho, quando é assim, você pede mesmo. Mas não tem.”
GP, Benguela, 22.11.2015

Sem comentários: