PONTOS DE VENDA

PONTOS DE VENDA
PONTOS DE VENDA: União dos Escritores Angolanos; Rede de Supermercados KERO; Tabacaria GRILO (edifício do Mercado de Benguela); Livraria SUCAM, Benguela; Livrarias LELLO, MENSAGEM e na SALA DE EMBARQUE do AEROPORTO INTERNACIONAL 4 DE FEVEREIRO, Luanda

quinta-feira, 9 de junho de 2016

Reconhecimento | BLOG ANGODEBATES É REFERENCIADO NA REVISTA DIGITAL "PALAVRA E ARTE" | A resenha é assinada por Cláudia Cassoma

Embora estejamos perante a uma explosão virtual, ainda não é fácil encontrar um endereço electrónico digno de um investimento ilimitado de tempo e atenção por faltar dentre muitos atributos, qualidade; tanto no conteúdo como não. Deparar-se com um blogue de autoria angolana, demanda uma pesquisa excessiva, mais ainda quando se tenciona encontrar um de teor literário.

O blogue AngoDebates: Angola, Debates &Ideias, é decerto uma das excepções. Numa linguagem original e transparente, assuntos a respeito de Angola e outros lugares são abordados no mesmo. Num olhar aprofundado ao singular, aos detalhes, é apresentada, num retrato sem guarnição, a imagem do mundo literário. No blogue há um vasto arquivo de notícias, reportagens, crônicas e desabafos.

A Rubrica Oficina é preenchida por poesias, contos, e crónicas; essa última é também encontrada na rubrica Crónicas do Metro. Dentre outras rubricas no blogue estão: Diário, Citação, Nota Solta, Utilidade Pública, e Fábulas da nossa terra; há lá também razões para gargalhar, com sarcasmo ou não, na rubrica Humor.

O blogue supracitado é editado pelo escritor angolano Gociante Patissa. O mesmo nasceu na comuna do Monte-Belo, município do Bocoio, província de Benguela. Tem licenciatura em Linguística, especialidade de Inglês. O autor altiloquente é membro efectivo da União dos Escritores Angolanos e colaborador do Jornal Cultura. A edição do AngoDebates: Angola, Debates & Ideias é também auxiliada por outros colaboradores, principalmente em rubricas como: Oficina.

Em síntese, AngoDebates: Angola, Debates & Ideias é um endereço eletrónico digno de uma visita morosa. 
Fonte: Revista online "Palavra & arte", Junho-Julho 2016

Sem comentários: