PONTOS DE VENDA

PONTOS DE VENDA
PONTOS DE VENDA: União dos Escritores Angolanos; Rede de Supermercados KERO; Tabacaria GRILO (edifício do Mercado de Benguela); Livraria SUCAM, Benguela; Livrarias LELLO, MENSAGEM e na SALA DE EMBARQUE do AEROPORTO INTERNACIONAL 4 DE FEVEREIRO, Luanda

domingo, 28 de fevereiro de 2016

Nota solta | Livres para desaprender

Houve tempos em que a gramática e o dicionário também eram para se lerem; tempos em que a vírgula entre o sujeito e predicado era um erro de palmatória; houve tempos em que ler várias vezes o que escrevemos era um dever. Havia excessos de zelo, é verdade, como o facto de os enunciados dos exames finais serem levados à sala de aulas por militares armados da Segurança do Estado. Depois, felizmente, desarmou-se a educação, ficamos livres de tudo, até do sentido de correcção (antes um sinal de respeito pelo receptor, na cadeia da comunicação). Viva a era do primado do desaprender.
Gociante Patissa, Benguela, 28.02.2016

Sem comentários: