PONTOS DE VENDA

PONTOS DE VENDA
PONTOS DE VENDA: União dos Escritores Angolanos; Rede de Supermercados KERO; Tabacaria GRILO (edifício do Mercado de Benguela); Livraria SUCAM, Benguela; Livrarias LELLO, MENSAGEM e na SALA DE EMBARQUE do AEROPORTO INTERNACIONAL 4 DE FEVEREIRO, Luanda

segunda-feira, 6 de julho de 2015

Diário | Ao sétimo ano, ao sexto título

Nessa coisa da escrita criativa, temos a possibilidade de impôr a um ou outro personagem passagens que nos são auto-biográficas, o também chamado «alter-ego». O meu preferido é «nós aqui só temos um lema: o nosso trabalho é trabalhar!» do personagem IC (investigador-comandante), no conto A Morte da Albina, um dos contos que compõem o meu livro A Última Ouvinte. Move-nos a certeza de que, estejamos onde estivermos, seremos sempre localizados desde que nos afinquemos no nosso ofício, que é por vocação «um trabalho mudo», como me disse certa vez um grande acadêmico e conselheiro. Daí que não me surpreendesse que só anteontem, ao sétimo ano portanto, me tivesse chegado, por telefone, o interesse das autoridades administrativas do Monte Belo, minha comuna natal, em conhecer o escritor que disse na televisão ser dali natural. Finalmente, a comuna que me viu nascer, que dista pouco menos de 150 km da cidade de Benguela, ouviu oficialmente falar do meu trabalho. Ao sétimo ano e a caminho de publicar o sexto livro. Seja como for, «nós aqui só temos um lema: o nosso trabalho é trabalhar!»

Sem comentários: