PONTOS DE VENDA

PONTOS DE VENDA
PONTOS DE VENDA: União dos Escritores Angolanos; Rede de Supermercados KERO; Tabacaria GRILO (edifício do Mercado de Benguela); Livraria SUCAM, Benguela; Livrarias LELLO, MENSAGEM e na SALA DE EMBARQUE do AEROPORTO INTERNACIONAL 4 DE FEVEREIRO, Luanda

terça-feira, 3 de março de 2015

Diário| Atentado à saúde no peixe carapau, há gente a pescar em armazéns

A fazer fé na denúncia tornada pública esta manhã por um repórter da Rádio Benguela, a elevada procura pelo carapau fresco (entenda-se acabado de pescar no nosso mar) é oportunidade para cidadãos de má fé enganarem os consumidores. Os trapaceiros adquirem nos armazéns consideráveis quantidades de peixe congelado (importado), que são carregadas em canoas e demais embarcações de pesca, na orla marítima do Kawangu, a Norte da cidade, de onde partem para o mercado das Tombas, a Sul da cidade, onde desembarcam e simulam tratar-se de produto recém-capturado, para a inocência dos revendedores. Segundo algumas donas de casa abordadas pelo blog Angodebates, tem-se notado nos últimos dias que o peixe deteriora-se muito mais cedo do que seria normal, sobretudo o carapau e a sardinha. Então já sabe, quando pedir carapau, a única certeza que se tem é que foi pescado; agora, se pescado no mar ou no armazém, isto já é outra conversa. Até porque quem compra gato por lebre... por alguma semelhança foi induzido. Haja "chicote" no lombo de tais trapaceiros, ó camaradas da polícia econômica!
Gociante Patissa, Benguela 03.03.15

Sem comentários: