PONTOS DE VENDA

PONTOS DE VENDA
PONTOS DE VENDA: União dos Escritores Angolanos; Rede de Supermercados KERO; Tabacaria GRILO (edifício do Mercado de Benguela); Livraria SUCAM, Benguela; Livrarias LELLO, MENSAGEM e na SALA DE EMBARQUE do AEROPORTO INTERNACIONAL 4 DE FEVEREIRO, Luanda

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Diário| Ou isso ou a dupla nacionalidade

1. Cartão de cidadão da pessoa que vai elaborar a carta de chamada
2. Fotocópia do passaporte do interessado
3. Consultar a vaga para a entrevista com o Sr. Cônsul, que geralmente só surge um mês mais tarde, mais ou menos.
4. Juntar fotografias tipo passe
5. Carta de chamada
6. Cartão de serviço do interessado
7. Extracto bancário
8. Declaração de serviço a indicar o vínculo e a tabela salarial, como se já fosse pouco agora andarmos a escancarar a miséria em forma de trocados que temos na conta bancária.
9. Bilhete de passagem, que por acaso até não sai assim ao preço do tomate da horta mais próxima
10. Passaporte
11. Cartão de Vacina Internacional
12. Esperar oito dias úteis para a saída, ou não, do visto.

Deve haver algo menos chato com que nos ocuparmos na véspera das férias. Definitivamente, a minha alma de turista não se encaixa nos excessos de burocracia, seja qual for o país. Vou mais é pastar para outra freguesia.

Sem comentários: