PONTOS DE VENDA

PONTOS DE VENDA
PONTOS DE VENDA: União dos Escritores Angolanos; Rede de Supermercados KERO; Tabacaria GRILO (edifício do Mercado de Benguela); Livraria SUCAM, Benguela; Livrarias LELLO, MENSAGEM e na SALA DE EMBARQUE do AEROPORTO INTERNACIONAL 4 DE FEVEREIRO, Luanda

sexta-feira, 21 de junho de 2013

Neste espaço aparentemente inócuo, mas de emblemática religiosidade na Cidade Santa, como é conhecida a capital de Israel, um homem foi morto hoje por ter dito “Deus é Grande”, quer dizer, mais por tê-lo feito numa língua... que não devia. Eis o texto da Euronews

«Guarda israelita mata judeu junto ao Muro das Lamentações.
Um homem foi morto a tiro, esta sexta-feira, junto ao Muro das Lamentações, em Jerusalém, por um guarda israelita. De acordo com a polícia, a vítima era um judeu que terá sido confundido com um militante palestiniano.O homem, de cerca de 40 anos, encontrava-se na casa de banho adjacente ao Muro das Lamentações. O polícia puxou da pistola e disparou vários tiros contra a vítima depois de o ouvir gritar “Allahu Akbar”, ou “Deus é Grande” em árabe. O incidente acontece numa das áreas mais sensíveis de Jerusalém. O Muro das Lamentações é o local mais sagrado do Judaísmo. Por semana, milhares de judeus deslocam-se a Jerusalém para rezar.»

Sem comentários: